Bamo Batê Coxa

Xiru Missioneiro

reproducciones 3

Bamo batê coxa, bamo batê coxa
Bamo batê coxa sovando a muierada
Bamo batê coxa, bamo, bamo, bamo, bamo
E neste batê coxa se foi a madrugada

Surungo véio apertado bem na moda da fronteira
Onde se baila a noite inteira desmanchando as alpargatas
Uma cordeona baguala da cadência pra festança
E a peonada das estâncias amanhecem batendo pata (2x)
Bamo batê coxa, bamo batê coxa
Bamo batê coxa sovando a muierada
Bamo batê coxa, bamo, bamo, bamo, bamo
E neste batê coxa se foi a madrugada

E é com grande prazer que eu convido o grande grupo matizes
Pra se entreverá nesse bate coxa comigo
- valeu xirú, é um prazer pra nós do grupo matizes
Cantarmos com um dos maiores nomes da música gaúcha e vamo bate coxa)

Bamo batê coxa, bamo batê coxa
Bamo batê coxa sovando a muierada
Bamo batê coxa, bamo, bamo, bamo, bamo
E neste batê coxa se foi a madrugada

O gaitero veterano dá-lhe boca a noite inteira
Desmamado na vaneira e e quando em vez um chamamé
Entre a poeira e a fumaça vai entreverando tudo
Baile véio bacanudo intupido de muié
Bamo batê coxa, bamo, bamo, bamo, bamo
E neste bate coxa já se foi a madrugada

(háhá, muito obrigado grupo matizes
E agora que vocês já cantaram um poco, bamo batê coxa
-vamos)

Bamo batê coxa, bamo batê coxa
Bamo batê coxa sovando a muierada
Bamo batê coxa, bamo, bamo, bamo, bamo
E neste batê coxa se foi a madrugada

Terra Música feedback