Letras de canciones - Letras.com

Ela Quem Decide

Tribo da Periferia

- E aê, firmeza
- E aê, fi, cadê você, parceiro?
Saiu ontem nem deu ideia em ninguém, e aí?
- Ih, cê nem tá ligado, aí irmão
- Qual foi, o que rolou?
- Ow, ow, se liga aí firmeza
- Hã
- Tá ligado aquela hora que eu saí mais o Isaura pra pegar o Diego?
- Pode crer, tô ligado
- Mermão, nóis encontramos umas dona fi lá na 4
- E aí?
- E aí, foi mal doido
- Cêis tão a onde agora?

- Nem sei onde eu tô, mas tô longe de casa
Acordado até agora, os olhos que nem brasa
- Tá chapado, hein?
- Até que não, cansado, mas tá massa
- Quem tá ai?
- Eu, o Isaura e as dona tudo virada

Essas menina tão loucas e não dormem
Não dormem, não dormem
Porque essas doninha tão louca e não dormem
Não dormem, não dormem

Quer sentir o amor, mas quer viver livre
Não importa qual valor elas vão constar
E seja pra onde for ela é quem decide
Eu tô no meio até essas dona deitar

Quer sentir o amor, mas quer viver livre
Não importa qual valor elas vão constar
E seja pra onde for ela é quem decide
Eu tô no meio até essas dona deitar

Saí com as dona em Brasília
Esse lugar é o seguinte (novidade)
Mil porta pra entrar, mil convite
Até onde Deus permite, da elite as eternit
Mas acompanhar essas dona não tem limite

Por favor, olha onde eu tô
Já são 5 da tarde e outro dia se passou
Ontem essa hora eu tava ali no Isquerinha
Mais tarde na social, no barraco da quadrilha

Partiu pro plano, reggae no Marina Hall
Só Ice, muita fumaça, elas gosta (é normal)
Daqui a meia hora vamo ali na Chaparral
Aniversário do Colômbia na estrutural (foi mal)

Morro da fumaça na Ceilândia
Às quatro da manhã, festa no bosque da Samamba
Passei pelo recanto, dei um pulo na santa
Fui na casa das dona e vimo o sol nascer no Gama, foi foda

Essas menina tão loucas e não dormem
Não dormem, não dormem
Porque essas doninha tão louca e não dormem
Não dormem, não dormem

Quer sentir o amor, mas quer viver livre
Não importa qual valor elas vão constar
E seja pra onde for ela é quem decide
Eu tô no meio até essas dona deitar

Quer sentir o amor, mas quer viver livre
Não importa qual valor elas vão constar
E seja pra onde for ela é quem decide
Eu tô no meio até essas dona deitar

Fico olhando, é interessante, começa doida e gata
Não é interesseira, mas quer tá bem acompanhada
Essa noite foi massa, vários frevo, altas quebrada
Meu parceiro já deitou e as dona tudo acordada (pilhada)

Daqui a pouco vou pra casa
Tô num som automotivo no parque com a playboyzada
Dá nada

- E aí, cadê você?
O celular não para
Tô vendo que mais tarde ainda tem frevo na quebrada

Essas menina tão loucas e não dormem
Não dormem, não dormem
Porque essas doninha tão louca e não dormem
Não dormem, não dormem

Quer sentir o amor, mas quer viver livre
Não importa qual valor elas vão constar
E seja pra onde for ela é quem decide
Eu tô no meio até essas dona deitar

Quer sentir o amor, mas quer viver livre
Não importa qual valor elas vão constar
E seja pra onde for ela é quem decide
Eu tô no meio até essas dona deitar

  • Envío de la traducción
  • Leyenda
  • Acordes
  • Escuche música
  • Palco MP3
  • Fotografías
  • Videos
  • Imprimir
  • Corregir
  • Envía letras para...
327 reproducciones
Ver más fotos
Canciones
Top canciones
Escuchando ahora oyentes
    Artistas
    Estilos Musicales
    Destacados
    Destacados Más Recientes
    Más