Letras de canciones - Letras.com

Reflexões Momentâneas

Realidade Cruel

Reflexões momentâneas
Reflexões...

Vim pra esticar o chiclete das longa-metrage
Não nas mini-série da vida
Olhe pra trás e reflita
Pense bem, não é prazer só que nos mantém louco
Aqui, de Alckmin a Fleury sim
Capitões do mato vi
Maliciosamente, fortemente armados, hãn hãn
Faltam queijos e flautistas para tantos ratos
E aqui nos picadero de Glock os palhaço
grita liga pra família e dita que o resgate é trinta
Relâmpago pra te Civic prata ou branco
Ou o tiro que atravessa no assalto a banco o crânio
Do bota podre que tento se batman
Muleke de rua hoje é uma argola de amanha Capitão Ubiratã
Façam sua escolha, almejar a liberdade com dignidade é honra
Plaques de onça, eu também quero
difícil porém sigo com meu rap indigesto
Pros recalque bunda-mole, plantonista zé povin
Cresce os olho no meu corre pra pragueja contra mim
Descendencia de Caim, verme rastejante
O que se faz aqui se paga e volta como bumerangue
Constante, meus parcero, os bang, a rua
Quem aqui ta preso, quem entro a milhão de fura
Nas avenida fazendo os coxa pisar com força no bréque
no vidro da joalheria, cala boca, ninguem se mexe
Baguio ta mil grau e anda desgovernado
É cobra engolindo cobra, é banana comendo macaco
O peito pique aço nunca, conheço a rua
Faca na caveira é gambé sem metade da nuca
As minhas letras ainda contem cadaver
Seria bem mais fácil falar de chocolate
Ou chá da tarde, com bolachinha e mel
Mas só quem ta nas grade mano sabe como é cruel
Click! Bléu! Fudeu alguém gritô!
Viciados em crack roubaram a tiazinha no camelô
Revolta geral, linxamento total
População enfurecida é pior que animal irracional
Pra jornal ta tudo ótimo,
o que importa pra matéria é ter mais quantidade de óbito
O homem fez a polvora, o Senhor fez o homem
Deve se perguntar pra si mesmo até hoje
Onde que errou, por que fazemos isso
Cada dia que se passa somos mais semelhante a lixo
Aqui eu brindo, vitória para os meus
Termino meus verso, meus hino, dialogando com Deus
Ó meu pai, me guiai pela verdade
Não deixar eu me cegar pela cobiça e pela vaidade
Entrei em lares, e senti a presença do eterno
Pisei em lugares que era mesmo a cópia do inferno
Incerto, de que a paz haverá algum dia
É lamentável musicas que induz a pedofilia
Né, se quer que sua mulher descendo no chão?
E uma pá de vagabundo em volta ladrão
A faca que corta o pão, corta o corpo do Jack
Morto com o pau na boca, a faca é download na net
A tela faz plim plim, tem muito demonio disfarçado de Serafim
Por aqui, falo uma pa, prego revolução
Os boy vem colando e malandro dando aval pra cuzão
Na malhação, meu rap não vai tocar
Me desculpa querida, é suja a rima que empesteia o ar
Da sua mansão, e prefiro desse jeito
Som de favelado, de bandido, assim seja o gueto,
preto, como quiser, que se foda
Dinheiro deles não me compra
Prefiro a forca...

Reflexões momentâneas
Reflexões momentâneas
Reflexões momentâneas
Reflexões...momentâneas

Composición: Douglas RC · Ese no és el compositor? Avisenos.
Añadido por Alexandre
12 reproducciones
Ver más fotos
  1. Depoimento De Um Viciado
  2. O Resgate
  3. Refém da Amnésia
  4. Vale da Escuridão
  5. Morador di favela
  6. Triste vingança
  7. Tsunami
  8. Resgate
  9. Ao Menos Uma Vez
  10. Gangsta Rap Nacional
  11. Por Que Que Você Não Fez Te Amar
  12. No Final do Arco Íris
  13. Até os gladiador chorou
  14. Quem Sabe Um Dia
  15. Tira o Pé da Lama
  16. Você Dizia Que Amava o Rap Como Eu
  17. Dia De Visita
  18. Sinal da cruz
  19. Barulho Conhecido
  20. Mais Cruel Do Que Nunca
  21. Sentimento
  22. Tristes Recordações
  23. Quando O Tiro Do Fuzil Disparar
  24. Só Sangue Bom
  25. Campo Minado
  26. Demonio de Farda
  27. Deus do Céu, o Sinal da Cruz
  28. Realidade Cruel
  1. Ritual de Sangue
  2. Simples Homicidio
  3. Deus É do Gueto
  4. A Selva Não É De Brinquedo
  5. A Vida Como Ela É
  6. Entre O Inferno E O Céu
  7. Liberdade (Dia de Visita)
  8. O Rap Treme O Chão
  9. Passa A Bola
  10. Quem Vê Cara Não Vê Coração
  11. Só Sangue Bom (Parte 2)
  12. UTI
  13. O Terrorista
  14. Depoimento de um viciado
  15. Dia de Visita
  16. Camburão Negreiro
  17. Amor Bandido
  18. Aqui é favela
  19. Quem É Você?
  20. A Trilha Sonora do Guetto
  21. Jardins de aço
  22. Atrás das grades de sangue
  23. Nos Calabouços do Ódio
  24. Brinquedo maldito.
  25. A favela chora
  26. Mesmo assim
  27. O bonde
  28. Enquanto a Guerra Não Parar
  1. Vale da escuridão Parte 2
  2. Entre balas e rosas
  3. O Crime Não é Creme
  4. Filme Triste
  5. Mil Razões
  6. Colibri
  7. Entre O Amor E O Ódio
  8. Amanhecendo No Apocalipse
  9. Efeito Colateral
  10. Dos Barracos De Madeirite, Aos Palácios De Platina
  11. Liga nóis
  12. Terra Sem Lei
  13. Saudade
  14. De Ouvido a Ouvido
  15. Depoimento de Um Viciado
  16. É Nós Mesmo Vagabundo
  17. 1 Deus 2 Ladrões
  18. Pede Pá Cola
  19. Tarde Demais
  20. Não Me Leve a Mal
  21. Olha Lá Quem Vem
  22. Reflexões Momentâneas
  23. Bandido Mal
  24. Deixa O Menino Brincar
  25. Pesadão
  26. Bailes lotados
  27. O Amor Petrificado no Ódio Part. Guerreiro Vitor
Canciones
Top canciones
Escuchando ahora oyentes
    Artistas
    Estilos Musicales
    Destacados
    Destacados Más Recientes
    Más