Letras de músicas - Letras.com

Quando a noite vem
Um verão assim
Abrem-se cortinas, varandas, janelas
Prazeres, jardins
Onze e meia alguém
Concentrado em mim
No espelho castanho dos olhos
Vê finalidades sem fins

Não lhe mostro todos os bichos
Que tenho de uma vez
Armo o circo com não mais
Do que uns cinco ou seis

Leão, camelo, garoto, acrobata
E não há luar
E os deuses gostam de se disfarçar

Composición: Antônio Cícero / Orlando Morais · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Eliane
42 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Top canciones
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Destaques
    Últimos destaques
    Mais