O Vendedor de Biscoito

Fagner

reproducciones 34

Eu sou o Zé Paraíba
Vim lá de riba só pra trabalhar
Pode me chamar de pau-de-arara
Se não vai com a minha cara
Que eu não vou ligar

Sou pai de família, sujeito honrado
Não compro fiado, não devo a ninguém
Não sou vigarista, eu acho isso feio
Não pego no alheio, pois não me convém

Talvez você não saiba, servi na Itália
Não tenho medalha, não sou Zé-Ninguém
Viver de trabalho é que eu compreendo
Por isso é que eu vendo biscoito no trem

eu sou o Zé Paraíba ...

Eu tenho um filhinho pequeno demais
Mas ele já faz o que vou lhe ensinar
Já assina o seu nome, já lê a cartilha
Já sabe que Brasília é a capitá

É um brasileirinho esperto e sadio
Não é um vadio, não ri de ninguém
Eu quero que na vida ele compreenda
Pra que ele não venda biscoito no trem

Terra Música feedback