Letras de canciones - Letras.com

Lamento de Pobre

Baitaca

Vivo de changa e trabalho que me arrebento
Já não aguento tô quase desesperado
Tive vontade de abandonar a querencia porque a firma abriu falência e eu ando desempregado

Maldita crise é que me trai no sufoco
Tô quase loco já não sei o que fazer
E uma miseria por perto rondando a gente, se não mudar o presidente so até capaz de morrer

Tô mais delgado do que chino piquetero sem serviço sem dinhero e não posso paga o mercado
O meu crediario a tempo já se acabo, minha panela inferrujou já não me vendem mais fiado

Meu biomgo velho balança pior que uma rede
Tá sem parede apodreceu o santa fé
Olho pra cima só enxergo o céu como abrigo e a mulher braba comigo por faltar o pão do café

E a criançada sofrendo desesperada
Desatinada por não comer quase nada
Não brincam mais a metade passa chorando e o resto se coçando duma sarna desgraçada

Tô mais delgado do que chino piquetero sem serviço sem dinhero eu não posso paga o mercado
O meu crediario a tempo já se acabo, minha panela inferrujou já não me vendem mais fiado

Minha barriga chega roncar de vazia
De meio dia quando eu deito pra cestia
Caio na cama e penso em ficar sossegado e um pulguedo desgraçado não me deixam descançar

Quando eu me deito é pior que ninho de sorro
Tem pouco forro me bate um frio e me entangue
Eu perco o sono, rolo até de manhã cedo e quando se acalma o pulguedo o fincão me chupam o sangue

Tô mais delgado do que chino piquetero sem serviço sem dinhero eu não posso paga o mercado
O meu crediario a tempo já se acabo, minha panela inferrujou já não me vendem mais fiado

Rezo pra Deus pra que alguma coisa me reste
Morreu da peste o meu galo topetudo
Sem geladera já entra o verão de novo me bate um calor nos ovo que quase apodrece tudo

Minha cadela enxerga a caça e não se atraca
Tá muito fraca já não rusga pra ninguém
E um cusco magro que nesses dia ele tomba, da mordida até na sombra de tanta fome que tem

Tô mais delgado do que chino piquetero sem serviço sem dinhero eu não posso paga o mercado
O meu crediario a tempo já se acabo, minha panela inferrujou já não me vendem mais fiado

11 reproducciones
Ver más fotos
  1. História Do Tico Loco
  2. Nego bom não se mistura
  3. A Evolução Me Entristece
  4. Do Fundo Da Grota
  5. O Valor Que Uma Mãe Tem
  6. Bagual Sem Freio
  7. Bailanta Da Boneca
  8. Baile De Bugio
  9. Caçada De Sapo
  10. Chineiro E Dançador
  11. Cordeona Veia
  12. Crioulo Guapo
  13. Dedo Inchado
  14. Honra Missioneira
  15. Me Orgulho Em Ser Da Campanha
  16. O Novo Encontro Com O Tico
  17. Versos Chucros
  18. Campeiro que Canta Triste
  19. Bugio Lacaio
  20. De Tudo Um Pouco
  21. Domador Ventena
  22. Meu Rio Grande É Deste Jeito
  23. Missioneiro Extraviado
  24. Na Fazenda Ferradura
  25. Surungo de grota
  26. Reformando a Muié Véia
  27. Batendo matraca
  28. Retoço de Xucro
  29. Encontrei a Marcolina
  30. Lida Campeira
  31. Égua Baldosa
  32. Das Missões Para o Rio Grande
  33. Cada Vez Mais Xucro
  34. Destrinchando o Bagualismo
  35. Da Templa Antiga
  1. Um Gaiteiro a Moda Antiga
  2. Tenho Orgulho De Ser Campeiro
  3. Soltito ao Vento
  4. Rodeio Campeiro
  5. Poeta Pobre
  6. Peão Sem Sorte
  7. No Meio Dos Quatro Ventos
  8. Meu Canto a Francisco Vargas
  9. Mais Pra Louco Do Que Certo
  10. Lamento de Xucro
  11. Desta Vez Foi Mal De Festa
  12. Pra Que Eu Quero Voltar
  13. Coiceando a Cola
  14. Galpão Crioulo
  15. Secretário de obra
  16. Estampa de Galpão
  17. Trancão Fandangueiro
  18. Pedido de Um Pai Pra Filho
  19. Lamento de Pobre
  20. História de Tico Louco
  21. Pinto Papudo
  22. Fazenda da Viúva
  23. De Chão Batido
  24. Um Bagual Corcoveador
  25. Bugio Foragido
  26. Campereada
  27. Andejo
  28. Vivo Contente Por Sentir Saudade
  29. Tropeando O Passado
  30. Mal Farquejado
  31. Pra Ser Campeiro
  32. Marca De Campo
  33. Marca De Campo
  34. Rodeio de Vacaria
  35. No Lombo Bagual do Verso
  1. Obrigado Velho Pai
  2. O Guasca
  3. Xote de Patrão
  4. Fogo, Galpão e Cordeona
  5. A Cavalo Na Verdade
  6. É Perfumado Mas Fede
  7. Surungo Costeiro
  8. Recanto Hospitaleiro
  9. Da Doma Pro Rodeio (part. Mano Lima)
  10. Quando Canta Um Missioneiro
  11. Defendendo a Pátria
  12. Parceiro Em Comparação
  13. Castração A Pialo
  14. Vida Gaudéria
  15. Falsas Promessas
  16. Frutas da Mata
  17. Gastando o Taco da Bota
  18. Vida de Campeiro
  19. Palanque Missioneiro
  20. Peão Caprichoso
  21. Vida Braba
  22. Fineloismo Campeiro
  23. Coice e Relincho
  24. Cuiudo do Alegrete
  25. Casamento À Moda Antiga
  26. Mordendo a Perna do Freio
  27. Cavocando Rimas
  28. Cavalo Velho
  29. Sou Assim Na Vida Real
  30. Tapera
  31. Sinto Orgulho do Que Sou
  32. Xucro de Berço
  33. Preferido Das Muié
  34. O Doutor, o Padre e o Peão
  35. Prevendo o Futuro
Canciones
Top canciones
Escuchando ahora oyentes
    Artistas
    Estilos Musicales
    Destacados
    Destacados Más Recientes
    Más