Amor a Soco e Pontapé

Amado Batista

reproducciones 93

Às vezes, pergunto a mim mesmo
Por que sou assim
Tenho sempre que amar alguém
Que não gosta de mim
Penso até que o mundo
Deus fez pra todos
Mas não fez pra mim
Se vou viver desta maneira
Minha vida inteira
Melhor não existir

E vou levando a minha vida
Até quando Deus quiser
Dizendo às vezes que o amor
Foi feito de qualquer jeito
A soco e pontapé

Eu gostaria de fazer
Uma canção para aquela
Que eu amo mais que
A minha vida e cantar pra ela
Mas sei que ela não me ama
E maltrata o meu coração
Me forçando dizer certas coisas
Sem pensar ao menos se é certo ou não
E vou levando a minha vida

Eu gostaria de ficar
Com ela um só instante
Queria convencê-la
Ao menos ser minha amante
Mas isso é impossível
Sem outro jeito eu tenho que aceitar,
Só não aceito essa dor no peito
Essa vontade louca de querer amar

Composición: Bene Brito / Sebastião f. da Silva · ¿Ese no es el compositor? Avísenos.
Enviada por nilton
¿A visto algún error? Envie su correccíon.
Terra Música
feedback