Letras de canciones - Letras.com

Chapeuzinho

Tribo da Periferia

Pela estrada a fora eu vou bem sozinha
Levar esse doces para a vovozinha
A estrada e longa e o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui por perto

Pela estrada a fora ela não vai mais sozinha
Vai com os moleque banda e suas amiguinhas
A madrugada é longa e o caminho é deserto
Mais mil barraco vira que hoje o frevo é certo

Era uma vez... Noite escura e sombria
No uivo dos maquinados, chapeuzinho traz o doce
Que o lobo mau tá estriguinado, curte o frevo na selva
Que a Canabis procria e as patrícia faz a festa

Tomar um Red já era, a lombra se manifesta
A alcateia aglomera, no céu fumaça impera
Menina boa é um exemplo, mas tudo muda, moleque
Olhos vermelhos virados, efeito branca de neve

Toca os flagrante então, se precisar, tá na mão
E os quadrilha lobo mau aqui fabrica cifrão
E no cair da noite... E no caô dos bandido
Chapeuzinho vira janta e lobo mau tá servido

Pela estrada a fora eu vou bem sozinha
Levar esse doces para a vovozinha
A estrada e longa e o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui por perto

Pela estrada a fora ela não vai mais sozinha
Vai com os moleque banda e suas amiguinhas
A madrugada é longa e o caminho é deserto
Mais mil barraco vira que o frevo é certo

Já é noite na selva, vem chapeuzinho sem rumo
Presa fácil pro lobo mau mocado atrás dos arbustos
Ela não tá nem aí, ela só quer curtir
Birinigth, Campari, Vira a noite

Deixa o dia cair, quer ser mulher de patrão
Quer ser bancada né, não? Desfilar de carreta
Sem chão sem pro vacilão, se tu colar com cifrão
Rachou de fuga na madruga, chapeuzinho vira presa

Lobo mau predador, enche o copo já era
Curtir a vida sem regras é o que ela quer, demorou
Mais tarde, no frevo, terel de cima e Whisky Red Label

Pela estrada a fora eu vou bem sozinha
Levar esse doces para a vovozinha
A estrada e longa e o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui por perto

Pela estrada a fora ela não vai mais sozinha
Vai com os moleque banda e suas amiguinhas
A madrugada é longa e o caminho é deserto
Mais mil barraco vira que o frevo é certo

No refletir da luz, chaminé fumaçou, foi
No brilho da lua que fumaça avisou
Pela estrada a fora chapeuzinho vai que vai
Seduzida pela essência que a noite te atrai

A estrada é longa é o caminho é deserto
Cuidado com o lobo mau que passeia aqui por perto
Depois da zero ela não está mais sozinha
De rolê no comboio encontrou as amiguinha

Sujou, sujou, o telefone tocou
Já deu alerta e se tem rato na selva
Acaba com a nossa festa
Pra garantir vou passar o rádio pro gavião
Que sujar na quebrada, avisa lá os irmãos
Que é pra armar armadilha que é pra pegar vacilão
Caçador farejou, vistoriou o barraco
Pirata quer o tesouro, mas os mafu tá mocado

Pela estrada a fora eu vou bem sozinha
Levar esse doces para a vovozinha
A estrada é longa e o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui por perto

Pela estrada a fora ela não vai mais sozinha
Vai com os moleque banda e suas amiguinhas
A madrugada é longa e o caminho é deserto
Mais mil barraco vira que o frevo é certo

Composición: Tribo da Periferia · Ese no és el compositor? Avisenos.
Añadido por Paulo
  • Envío de la traducción
  • Leyenda
  • Acordes
  • Escuche música
  • Fotografías
  • Videos
  • Imprimir
  • Corregir
  • Envía letras para...
132 reproducciones
Ver más fotos
Canciones
Top canciones
Escuchando ahora oyentes
    Artistas
    Estilos Musicales
    Destacados
    Destacados Más Recientes
    Más