Página Arrancada

João Bosco e Vinícius

reproducciones 152

Você sempre fez os meus sonhos
Sempre soube do meu segredo, isso já faz muito tempo
Eu nem me lembro quanto tempo faz
O meu coração não sabe contar os dias
E a minha cabeça já está tão vazia
Mas a primeira vez
Ainda me lembro bem

Talvez eu seja no seu passado mais uma página
Que foi do seu diário arrancada
Sonho, choro e sinto
Que resta alguma esperança
Saudade, quero arrancar esta página
Da minha vida

Talvez eu seja no seu passado mais uma página
Que foi, do seu diário arrancada
Sonho, choro e sinto
Que resta alguma esperança
Saudade, quero arrancar esta página
Da minha vida

Pele macia. Toda morena. Esse seu corpo me deixa carente
Quando passa por mim. Nesse vai e vem
Jeito dengoso. Olhar diferente. Esse sorriso me deixa carente
Doente de amor. Quero ser seu bem
Quando eu beijar sua boca. Vou viajar no céu
E num abraço tão louco. Quero te prender
Quero amar você

Mas é assim que eu te desejo
Sozinho num quarto, num sonho eu te vejo
Matando em mim a vontade de amar
Esse seu jeito gostoso é que mexe comigo
Me dá seu carinho, me dá seu abrigo
E tira de mim o desejo de amar

Jeito dengoso. Olhar diferente. Esse sorriso me deixa carente
Doente de amor. Quero ser seu bem
Quando eu beijar sua boca. Vou viajar no céu
E num abraço tão louco. Quero te prender
Quero amar você

Mas é assim que eu te desejo
Sozinho num quarto, num sonho te vejo
Matando em mim a vontade de amar
Esse seu jeito gostoso é que mexe comigo
Me dá seu carinho, me dá seu abrigo
E tira de mim o desejo de amar

Terra Música
feedback