Palavras e Silêncio

Fagner

reproducciones 47

Em minha rua
Não há noite nem dia
Não há vida nem há morte
Não há pranto nem cantar

A minha rua
Não é cheia nem vazia
Não tem destino nem sorte
Nem morte nem viajar

Em minha rua
Não há chuva nem há frio
Não há calor nem estio
Não há rio, não há mar

Nenhuma lua
Nenhum sol nem segredo
Não há glória nem há medo
Não há cor nem olhar

Em qualquer parte
Na calçada ou no batente
Eu me deito, eu me sento
E pego meu violão

Deixo que o vento
Traga estampas coloridas
Em papéis de chocolate
Pra cobrir minha canção

Deixo que o vento
Traga a morte que eu não tive
Traga a noite que não vive
Dentro do meu coração

Composición: Petrucio Maia & Antonio Brandão · ¿Ese no es el compositor? Avísenos.
Enviada por vbs
¿A visto algún error? Envie su correccíon.
Terra Música feedback